PAI THOMAZ

Pousada Pai Thomaz, tradicional equipamento hoteleiro da cidade de Cachoeira, foi totalmente reformada. Inaugurada em 28 outubro de 2016, a pousada conta com 13 Unidades Habitacionais e capacidade para hospedar até 35 pessoas, todos apartamentos equipados com Ar Condicionado, TV 32", Frigobar, Cama Box é Cofre Eletrônico. Oferece o serviço de café da manhã e internet inclusos na diária.

Pousada Desde 1981

Olá amigos! Hoje, sexta-feira, dia 28 de outubro, a Pousada Pai Thomaz estará novamente de portas abertas ao público disponibilizando 13 quartos e com capacidade para atender até 34 pessoas ao mesmo tempo. Será um prazer acolhe-los em nossa cidade.

ALMOÇO PRATO DO DIA

Acredite! Picanha ao queijo com batata frita, o mais novo petisco do Restaurante Pai Thomaz. Uma verdadeira delícia!

A Pousada

Pousada do Pai Thomaz Sobre

Pousada do Pai Thomaz, no Recôncavo Bahiano, está situada na Cidade de Cachoeira. A culinária criativa e saborosa fazem da Pousada do Pai Thomaz uma viagem gastronômica que as pessoas mesmo antes de partirem tenham vontade de voltar..

Suites

Cardápio

Maniçoba Desde 1981

Nesta sexta-feira, dia 08/04, o Restaurante Pai Thomaz completou 06 meses de funcionamento desde a sua reabertura. E para comemorarmos essa data especial, lançamos novos pratos em nosso cardápio.

Casquinha de Sirí Desde 1981

Nesta sexta-feira, dia 08/04, o Restaurante Pai Thomaz completou 06 meses de funcionamento desde a sua reabertura. E para comemorarmos essa data especial, lançamos novos pratos em nosso cardápio..

Bolinho de Maniçoba Desde 1981

Nesta sexta-feira, dia 08/04, o Restaurante Pai Thomaz completou 06 meses de funcionamento desde a sua reabertura. E para comemorarmos essa data especial, lançamos novos pratos em nosso cardápio.

Dobradinha e Maniçoba Desde 1981

Nesta sexta-feira, dia 08/04, o Restaurante Pai Thomaz completou 06 meses de funcionamento desde a sua reabertura. E para comemorarmos essa data especial, lançamos novos pratos em nosso cardápio.

A Roska no Pote
A Roska do Pai Thomaz
Cerveja Dama Bier
Pai Thomaz
Tábua de Frios
Pai Thomaz

Notícias

UM PEQUENO LEGADO NO TERRITÓRIO

ANCESTRAL DE CACHOEIRA








O Recôncavo da Bahia é um território repleto de ancestralidade, marcado por grandes feitos históricos que perpassam a conquista da liberdade e a prática da dignidade. Cachoeira é um pedaço da Bahia marcado por tomadas e conquistas ao longo dos séculos, carrega em seu patrimônio material e humano, as marcas de uma sociedade que vivencia ciclos de existência, tendo a luta e a resistência como palavras condutoras nas narrativas de seus moradores.

 

Diante de sua representatividade histórica, a pequena cidade de Cachoeira, se tornou grande ao protagonizar o início da independência da Bahia, em meados do dia 25 de Junho de 1822. Os séculos se passaram, a atmosfera mudou e o que ficou foram as marcas de um povo que lutou por sua liberdade e continua a lutar, em contextos diferentes, referenciando seus antepassados e seus personagens transitórios, fundamentais na construção do imaginário prático de cidade e território. 

 

As margens do Rio Paraguassú, com suas densas águas e seu fluxo contínuo, são testemunhas de narrativas elementares e fundamentais para construção da identidade dos Cachoeiranos nascidos e adotados. Com este cenário, pessoas transitam, as transformações acontecem, as narrativas transfiguram o espaço social e a pequena cidade segue seus passos na história da Bahia; o contexto de quem sonha e deseja realizar se repete por longos períodos, algumas vezes lembrados, por hora esquecidos.

 

O SONHADOR

 

Em meados dos anos 50, uma família Pernambucana aceita o convite para se instalar e cuidar das terras de Benedito Dourado, em Cachoeira. Com o passar dos anos, muitos integrantes desta família se mudam o Recôncavo da Bahia, entre eles, Aluizio Berto da Silva, popularmente conhecido como Pai Thomaz.

 

Um pequeno rapaz, baixinho, com as feições franzinas quase lembrando um chinês, iniciou sua carreira de empreendedor adentrando os sertões da Bahia, desenvolvendo assim o popularmente conhecido escambo, onde trazia produtos diversos para revender em Cachoeira. Neste período conheceu sua companheira, a Baiana Julinda Berto da Silva e juntos decidiram empreender. O início de tudo foi em um pequeno espaço onde funcionava uma sapataria, onde os modelos do Sertão calçavam e alegravam os moradores da cidade; depois de muito trabalho, conseguem adquirir um prédio no centro da cidade.

 

“O primeiro estabelecimento com essa dinâmica de bar-restaurante se chamou Nossa Senhora das Candeias; em seguida minha mãe propôs que o nome do espaço se chamasse ‘Cabana do Pai Thomaz’, com o tempo o nome pegou, toda a comunidade Cachoeirana passou a conhecer meu pai pelo dito nome do bar.”, relatou Magaly de Oliveira, filha adotiva do casal.

 

Com criatividade e empreendedorismo, o antigo Aluísio renovado em Pai Thomaz, iniciou a expansão do seu empreendimento; onde otimizou bebidas diferenciadas, as conhecidas e requisitadas cachaças de cobra, petiscos, exposição de obras de arte e ainda organizou um fluxo de trabalho para alguns jovens interessados no turismo.

 

Para o ativista cultural, Valmir Pereira, o trabalho de talhar madeira é resquício da escravidão, onde muitos africanos trouxeram a arte da África e passaram a praticá-la aqui. Após a abolição, tal arte se fez presente nas ruas, igrejas e casas dos Cachoeiranos.

 

 

POUSADA E RESTAURANTE

 

O atual prédio onde está localizada a Pousada, tem um longo histórico de gerências: já foi uma pensão nas mãos de dona Marieta, foi Casa de Saúde sob direção do Dr. José Mário, até chegar às mãos do Sr. Aluísio Berto, que com seu ímpeto visionário, ao lado de sua esposa, se propôs a otimizar um espaço aconchegante e com uma atmosfera artística, na rua principal do Centro de Cachoeira.

 

À época, em meados dos anos 80, o estabelecimento foi reformado e decorado sob medida. Cada pedaço de madeira entalhada presente no restaurante foi pensado e construído com os artistas da cidade. Como muitos sabem, Cachoeira também é famosa pelas mãos de seus “loucos”, “doidos” e “malucos” que talharam as madeiras com temáticas que reconstroem o percurso histórico da cidade.

 

“Pai Thomaz foi um grande admirador das artes e incentivador; era uma pessoa sensível e conseguiu trazer uma reflexão para os dias atuais. Tinha uma articulação com todas as esferas da cidade, transitava de modo carismático, tinha a sinuosidade de transitar por todas as vertentes. Um homem sistemático e prático”, ressalta Pereira.

 

“Aluísio era uma figura folclórica, muito generoso e prestativo. Com pouco estudo ainda adquiriu o título de cidadão Cachoeirano. Além de empreender, era visionário; buscou nas mãos dos artistas mais refinados da época, a montagem da atmosfera que guarda o resquício da história de luta da cidade”, enfatiza Raimundo Coelho, um dos sócios da pousada.

 

Após um período distópico, a pousada foi fechada e adquirida pelos empreendedores Raimundo Coelho, Marcus Ferreira e Daniel Santana. Sob nova direção, o principal interesse na atualização do espaço empreendido por Aluísio, foi manter a atmosfera de origem, com suas paredes decoradas, com o vestígio do tempero e principalmente, com o nome deixado pelo casal, marca de um legado galgado na coerência e no trabalho.

 

“Na enchente de 89, fato que marcou a vida de muitos moradores locais, pudemos conhecer o Pai Thomaz otimista, guerreiro e cativante… lembro-me de sua resistência ao limpar as peças da lama, chamando as pessoas, batalhando e propagando a resistência, juntamente com sua companheira, dona Lôra, que com sua força de mulher dava um norte às construções”, finalizou Valmir Pereira.

 

A VOLTA DO PAI THOMAZ

 

Dando prioridade para a preservação da memória implícita na construção da identidade da Pousada e Restaurante Pai Thomaz, a nova direção do empreendimento contou com o desenvolvimento do projeto de restauro dos arquitetos Rose Lima e Fritz Zehnle.

 

Após oito meses de reforma e ajustes técnicos, no dia oito de Outubro de 2015, a Pousada e Restaurante Pai Thomaz abre suas portas novamente; atualmente está sob direção de Daniel Santana e Raimundo Coelho.

 

“Este retorno representa um marco para a afirmação de um compromisso com a cidade de Cachoeira e sua importância na história do Recôncavo. Como prioridades temos o intuito de manter o bom atendimento, a satisfação do cliente e a valorização do legado artístico presente em nosso restaurante.”, finalizou Raimundo Coelho.

 

A pousada e restaurante Pai Thomaz funciona desde 1981, sob nova direção completa três anos. Um curto período de tempo, levando em consideração o percurso histórico em que a cidade está localizada. Mas neste tempo já foram vivenciadas muitas emoções, muitos encontros, muitas despedidas e certamente a memória afetiva da rua 25 de Junho, tem o estabelecimento como fio condutor nos últimos três anos.

 

Este pequeno relato, visa agradecer aos que vieram antes, aos colaboradores e principalmente aos amigos e clientes por prestigiarem o tempero, o sabor e o aconchego disponibilizado por nós, nos últimos três anos. Que a caminhada esteja apenas no início. Sejam todos muito bem-vindos para adentrar nosso espaço de memória, ancestralidade e valorização da tradição, gastronomia e cultural local.

 

 

 

***

 

por Dheik Praia

SABOR E SOFISTICAÇÃO

CONHEÇA O NOSSO RESTAURANTE!

Reserve Agora

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Endereço

Rua 25 de Junho, nº 12, Centro, Cachoeira, Bahia, Brazil.

Inoformações Gerais

reservas@pousadapaithomaz.com.br

Telefone

(75) 3425 3182

Whatsapp

(75) 9 9141 4024